Negócios: Como se preparar para imprevistos financeiros

Imprevistos financeiros podem acontecer com qualquer um. Entretanto, no caso de empresas é preciso estar ainda mais preparado, já que os prejuízos podem ter proporções maiores.

Muitos negócios que estavam indo super bem antes da pandemia do Coronavírus fecharam suas portas por dificuldades financeiras. E os que ainda conseguem se manter, é porque estavam preparados ou se reinventaram.

No post de hoje nós vamos apresentar várias dicas para evitar que imprevistos financeiros afetem o funcionamento da sua empresa. Portanto, se você deseja manter seu negócio sempre no verde continue a leitura.

É possível evitar imprevistos financeiros?

A saúde financeira da sua empresa é muito importante. Ela precisa estar saudável em todos os momentos, caso o contrário, quando surgir qualquer eventualidade os prejuízos serão maiores, pois você já estará no vermelho e as chances de se recuperar sem apoio financeiro serão muito baixas.

Como o próprio nome já diz, os ‘imprevistos’ financeiros são situações inesperadas, como o desligamento de um funcionário, um carro de trabalho que quebrou ou um equipamento caro e importante que parou de funcionar.

Você não tinha como prever que isso aconteceria, por esse motivo não temos como evitá-los, mas temos como prevenirmos.

Confira abaixo algumas dicas para se preparar para os imprevistos financeiros.

Crie uma reserva de emergência

A reserva de emergência é uma quantia em dinheiro que você precisa ter para se manter em caso de imprevistos financeiros.

Esse valor guardado deve ser o necessário para garantir o funcionamento da sua empresa por no mínimo 6 meses, sendo ideal ter o suficiente para 1 ano.

Por exemplo, se você possui 5 mil de despesas todo mês, o valor da sua reserva de emergência deveria ser de 30 a 60 mil.

Agora você deve estar pensando “como eu vou juntar 30 mil para a reserva de emergência?”, calma… isso pode ser feito ao longo do tempo, guardando um pouco a cada mês até chegar no valor necessário.

É importante ressaltar ainda que, após você já ter feito a sua reserva para imprevistos financeiros é necessário que o valor dos gastos mensais seja sempre revisado ao logo do tempo.

Isso porque daqui 2 ou 3 anos talvez suas despesas tenham aumentado e o valor guardado pode não ser mais suficiente para garantir o funcionamento da sua empresa durante um momento de crise.

Evite gastos desnecessários

É preciso ter uma boa gestão na sua empresa para evitar que imprevistos financeiros causem grandes prejuízos.

Entre as funções do profissional escolhido para essa tarefa está evitar gastos desnecessários.

Mas você sabe identificar quais são eles? Veja a seguir alguns exemplos de despesas que somadas representam um alto valor no final do mês, mas que podem ser reduzidas

Renegocie com os fornecedores: Faça uma pesquisa de mercado e avalie se o valor que você está pagando é justo. Verifique com eles a possibilidade de descontos ou condições especiais de pagamento. Essa etapa é fundamental para o sucesso da empresa, uma negociação bem sucedida pode aumentar consideravelmente a sua margem de lucro.

Evite desperdícios internos: Reutilizar folhas de papel como rascunho, solicitar que cada funcionário utilize a própria caneca em vez de copos descartáveis e deixar todos os equipamentos desligados após o final do expediente são pequenas ações que reduzem os gastos no final do mês.

Compre certo: Existe um ditado que diz que ‘brasileiro deixa tudo para última hora’. Porém, esse hábito pode trazer prejuízos financeiros. Ao deixar para comprar coisas em cima da hora você perde a chance de realizar cotações e vai acabar adquirindo a um custo mais alto. Adote um planejamento de compra para evitar que isso aconteça.

Gaste certo: Mais importante do que comprar certo é gastar certo. Antes de realizar compras analise a quantidade para evitar comprar itens em excesso ou que não vão ter utilidade. Por exemplo: É mais vantajoso alugar um equipamento que será usado apenas uma vez do comprá-lo.

Valorize seu estoque: Não se esqueça da regra PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai). A probabilidade de perder uma mercadoria devido ao prazo de validade é bem menor. Manter o estoque organizado é essencial para o controle de mercadorias, evitando compras desnecessárias e desperdícios.

Considerações finais

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para o seu negócio e ajudem você a estar preparado para enfrentar os imprevistos financeiros sem afetar o funcionamento da sua empresa.

Você já tem uma reserva de emergência? Pretende fazer?

Conta para gente nos comentários!