11 de agosto é também o Dia do Garçom, você sabia?

No Brasil, o dia 11 de agosto é um dia em que comemoramos o Dia do Garçom, o Dia do Advogado e o Dia do Estudante. E nós do GoOut vamos mostrar para você curiosidades e porque nosso Garçom querido é tão importante para nós!

A origem da profissão de garçom

A palavra “garçon” em francês, significa “rapaz ou garoto” e os brasileiros passaram a adotar essa palavra, “traduzida” para o português como “Garçom”, para o funcionário responsável em atender as mesas de um bar ou restaurante. Isso aconteceu pois os brasileiros associavam essa palavra ao ver os franceses chamando de garçon os rapazes que atendiam às pessoas. Foram justamente os franceses os primeiros a reconhecerem a profissão, no século XVIII.
Se pensarmos bem, bem antigamente quando ainda existiam as tabernas, a função do garçom era exercida pelo proprietário do local e sua família. Com o avanço da urbanização, fez-se necessário a contratação de outras pessoas para auxiliar nos atendimentos. Esse fato já é um indicador para nos mostrar a importância e confiança que o profissional exerce no estabelecimento, antes comendado apenas pelas pessoas da própria família, sendo agora ele também um dos responsáveis pelas sucesso ou não do seu local de trabalho, pois com as informações certas, momento oportuno e muito carisma, é um dos grandes responsáveis pelas vendas realizadas.

Dia do advogado, do garçom e do estudante – coincidência?

O motivo do dia 11 de agosto ser considerado o dia do garçom é desconhecido, mas podemos imaginar que a data foi assim definida principalmente por ser também o dia do advogado.
Mas o que isso tem a ver?
No dia 11 de agosto de 1827, D. Pedro I instituiu no Brasil os dois primeiros cursos de ciências jurídicas e sociais e esta data ficou marcada como o primeiro passo para o desenvolvimento da área jurídica no Brasil.
Porém, como todo brasileiro gosta de uma comemoração, para celebrar a instituição desses cursos jurídicos, os próprios comerciantes da época passaram a homenagear os estudantes de direito oferecendo a eles, todo ano nesta data, refeições de graça em seus estabelecimentos.
Claro que à medida que o tempo foi passando, a quantidade de alunos aumentou e os estabelecimentos não quiseram mais fazer “fiado” aos estudantes. Os estudantes por sua vez, ainda queriam esse presente, e passaram a pedir para que os estabelecimentos então “pendurassem” a conta do que foi consumido. Por isso que nessa mesma época, na década de 30, os estudantes da Faculdade de Direito do Largo São Francisco oficializaram o dia 11 de agosto também como o Dia de Pendura.
Logo notamos os três protagonistas desta data: os estudantes, o profissional que eles irão se tornar – o advogado, e o garçom, responsável por organizar toda a bagunça.

E assim nos perguntamos, quais os requisitos necessários para ser um garçom?

Os garçons estão presentes em restaurantes, bares, festas e eventos e apesar de não existir uma formação necessária para ser um garçom, é imprescindível que o profissional seja alfabetizado (para poder anotar os pedidos) e que tenha capacidade de observação e organização, paciência, disponibilidade de horário, responsabilidade e simpatia.
Além disso, hoje em dia estão disponíveis no mercado cursos de especialização e treinamentos que passam ao profissional da área, desde conhecimentos sobre como atender melhor os clientes e/ou convidados até especializações em comidas ou bebidas.
O SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), assim como outros cursos que você pode encontrar pela internet, inclusive de forma online e gratuita, oferece um desses cursos de especialização para a profissão. Se você quiser saber mais, acesse o site clicando aqui.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para os garçons acompanha o crescimento dos setores de lazer e alimentação e as opções de serviços são muito amplas. Se o profissional for disposto, disciplinado e proativo, certamente encontrará seu lugar nessa profissão.

Garçom amigo

Nos tempos atuais, o proprietário do estabelecimento deve considerar fortemente o investimento em sua equipe de garçons, pois além das funções básicas de anotar os pedidos, retirar os restos de comida e louças e deixar a mesa limpa para que outros clientes possam utilizá-la, é essencial que o garçom faça isso com simpatia, conhecimento dos produtos oferecidos na casa, e que consiga enxergar a oportunidade ao fazer alguma recomendação.
Um garçom simpático, disponível e paciente, deixa o cliente à vontade e muito propenso a voltar outras vezes. Por isso não é raro as pessoas sentirem certa intimidade quando encontram com o garçom ao chegar no estabelecimento.

E é por isso que, não só na data de hoje, todos os garçons são extremamente reconhecidos por nós da equipe do GoOut e queremos deixar a todos os nossos mais sinceros parabéns pelo seu dia!